sábado, 16 de julho de 2011

A fada e o urso

Jamais uma floresta
viu um par tão esdrúxulo.
O contraste de suas existências
era um projétil abrasador
contra os conceitos morais
da sociedade das fadas.

E lá, no fundo de sua caverna musgosa
o urso e sua ninfa amante
de asas translúcidas
afundavam-se em uma poça nefasta
de carícias orgíacas.

Ofendidas com o insulto
de sua irmã rebelada,
as fadas uniram toda
a magia branca e negra
de todos os clãs do místico reino.
E num ato de vendeta e fúria
selaram com uma enorme rocha
a entrada da caverna.

Assim os olhos negros e azuis
da fada e do urso
jamais voltaram a ver
o sol.

Para Rebeca Youssef , a progenitora das narrativas insólitas.

3 comentários:

  1. Você captou o que tinha de mágico que eu mesma não enxerguei. Muito obrigada, outras trocas virão! :)

    ResponderExcluir
  2. never die AMY
    lucysKy

    ResponderExcluir