sexta-feira, 12 de abril de 2013

vagueando



Respirando atmosferas densas e recheadas pelo cheiro de carne estragada
A palavra delimitadora da finalidade da vida humana
Me assaltou a inconsciência com a brutal força de um orangotango histérico
As cinco letras passaram como tentáculos sulfurosos
A envolver as mais prosaicas coisas que me cercavam
Resolvi então declarar morte
A todos os vagabundos que não tem dinheiro para comprar sua própria canha
Morte aos ventres presos
Morte aos bifes duros do restaurante universitário
Morte aos hipster
Morte ao cheiro ordinário de peixe do mercado publico
Morte aos otários que conversam sobre bicicleta na hora do almoço
Morte aos sonhos de putaria interrompidos por despertadores
Morte as garotas com cara de limão
Morte aos músicos que vendem suas bundinhas sujas por vinte cinco e noventa


.,¨¨

Um comentário:

  1. ôpa! salvem os hipsters... aqueles óculos enormes são maravilhosos...

    ResponderExcluir