quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Toda escrotice merece perdão


Algumas coisas deveriam se manter apenas no imaginário

Nos ermos caminhos das formas sem sentido

Algumas coisas deveriam ser distantes e separadas pela eternidade

Soando perdidas ao som do vento como um hino em desuso

Com um odor peculiar de toda a escrotice das fendas e lamas que mergulho 




.;,

Um comentário:

  1. a poesia não me salvou...viva a mediocridade dos que sobrevivem só no imaginário.

    ResponderExcluir